Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estúpido Aluga-se

A estupidez é o nosso melhor produto, por isso para exportação é favor contactar o Estúpido. https://www.facebook.com/ricardo.santos.5095

Estúpido Aluga-se

O momento não era nosso, era teu.

Hoje o Estúpido e a sua distinta irmã foram à gala de aniversário dos 77 anos de Futebol Clube de Alverca, uma ida amarga pela partida recente do meu Pai, sócio e aficionado do clube da terra, mas com a emoção de quem foi representar o homenageado do dia.
Pelos anos e fotos dedicadas ao clube, o mesmo retribuiu com uma pequena exposição na entrada nobre do pavilhão e com o reconhecimento do F.C.A e do Presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira para com o homem.
Aos filhos foi pedido um texto, não sou um homem de palavras finas mas tentei em poucas palavras lembrar o meu Pai e o seu amor ao clube da terra que o viu nascer.

Capturar.JPG

 Quem ama o Futebol Clube de Alverca não é uma pessoa qualquer, é alguém que nutre um afecto por uma causa e não um clube.
O meu Pai foi um dos que viu o seu coração perecer à possibilidade de poder ver jogos da sua causa.
Recordo com carinho a única vez que o Ludgero foi castigado enquanto fotógrafo pela Federação Portuguesa de Futebol em pleno campo de jogos do F.C.A por criticar o árbitro de uma clara penalidade na área do F.C.A, o árbitro mandou a autoridade tirar o número do colete da F.P.F e ele foi castigado com uns quantos jogos, mas sem antes dizer..."Sôr árbitro, hoje eu vou dormir tranquilo, e você vai dormir com quantas dioptrias?".
Obviamente que o acto e a conduta dele não foi a adequada, mas isto é apenas para perceberem que ele não conseguia ser isento no amor ao clube.
Ao Alverca deixa as suas fotos, uma pequena recompensa pelas inúmeras vezes que o F.C.A o deixou com um sorriso na cara.

Deixo aqui um pouco da história do clube, assim como os contactos nas redes sociais.
Site Futebol Clube de Alverca
facebook oficial do Futebol Clube de Alverca
Canal YouTube FCA
Fotos do Clube flickr

Capturar.JPG

 



 

A perfeição é imperfeita.

Somos de gerações diferentes, não foste um Pai perfeito, mas eras meu Pai.
As tuas imperfeições foram atenuadas por um Pai ausente, deste o amor que sabias dar, e eu procuro fazer melhor todos os dias com a tuas netas.
Abraçaste a fotografia como o teu grande amor, nem sempre foste correspondido ao longo dos teus anos como fotógrafo profissional, mas o amor pela fotografia falou sempre mais alto.
Tantas fotografias tiradas e tão poucas onde ficaste retratado, esta foi a tua última tirada em vida, mas não conto as que constam no meu arquivo, chamado coração.

pai.JPG

 

O grande Leão que ensinou a pequena Águia a perceber o futebol.

Decorria a época 80/81 depois de vencer o campeonato nacional com uma equipa dirigida pelo Lajos Baroti, com estrelas como Bento, Humberto Coelho, Alves, Shéu, Nené e o pequeno gigante Chalana, corri para a loja do meu Pai para meter-me como ele pelo 25ºtítulo, o meu pai com um ar de brincadeira disse-me:
"Se seres Campeão deixou-te assim tão feliz, a chatice de ter perdido ficou esquecida".
Deixei de ter com quem me meter sobre o Sporting, era uma coisa muito nossa...muito nossa.
Da última conversa recordo a tua repulsa por Jorge Jesus:
"O Sporting não quer vaidosos, quer quem lute por ele".
Na memória, a tua companhia em muitos jogos no Campo de Jogos do Futebol Clube de Alverca(o teu clube do coração), e algumas curiosidades como aquele dia em que viste o teu colete de fotógrafo suspenso pela FPF por protestares um golo em claro fora de jogo contra o FCA.
A vida pode ter-te levado mas as memórias essas...essas ficam.

Capturar.JPG

 

A morte é uma merda, desculpem o meu português, une merde.

As despedidas são sempre um misto de sentimentos, foste no dia de todos os Santos, uma ironia de facto.
Levo na memória a tua última imagem na marquesa antes de desligarem tudo, a sorrir com uma lágrima no olho, a alegria da companhia com a lágrima da partida.
Fica a promessa do reencontro.
O meu agradecimento pessoal e de toda a minha família a todos os elementos do Hospital de Vila Franca de Xira, aos Bombeiros Voluntários de Alverca(casa que o meu Pai acarinhava) e a todos os meus colegas, um sincero obrigado.

 
 
 

pai.jpg

 

Adoro ser Pai.

O Estúpido e a Docinho fomos comprar um gelado, antes de nós, uma senhora comprara um para o neto que não chegou inteiro à porta, o menino começou a chorar e ao assistir, a minha filha perguntou:

-"Papá impotas que dê o meu geado ao menino?".
Não filha, mas o Pai não trouxe dinheiro para mais, tem de ir a casa.
-"Deixa tar, dá ao menino dá, como futa em casa".

Capturar.JPG